quinta-feira, 19 de novembro de 2020

O Comunicador - Vol CCXLVI


 

Destrancar o mundo


 


AVISO AOS NAVEGANTES

Temos que 'destrancar' o mundo. Fafavô; Sai da frente.

Desde quando, e enquanto, os malfeitores tentam cobrar, ou vetar, o dia dos fumantes que desejam largar o tabagismo, outros vícios estão sendo cobrados.

No A.A. o álcool é vetado (assim como nas religiões evangélicas ou islamismo). N.A. o álcool e as drogas ilícitas. Irmandade que abre passagem aos adictos em abstinência nos cinco continentes.

Em ambas irmandades, o tabagismo é permitido pois ajuda muitos drogadictos. Assim como no Positivismo, em que as virtudes valem mais que os vícios.

Nas duas irmandades mundiais de autoajuda, os adictos em recuperação têm interesse em outras coisas, quando deixam o álcool e as drogas ilícitas para trás.

No N.A. há adictos que usam tudo. Há outros que estão em total abstinência. Nas reuniões é servida água ou café.

Sei disto, porque sou membro há mais de vinte anos.

Obsessores Espirituais




O QUE ESTÁ OCOREENDO

Este ano, obsessores que insistem em olhar-me de cima para baixo, subiram nas Lojas Paquetá, Rede de Supermercados Dia, Restaurantes onde almoço e até mesmo na Academia em que treino, quando eu estava nestes locais. Perguntavam quem é que havia me aceito. Mas este pessoal nem sabe do que se trata.

Isto está ocorrendo no mundo inteiro, entre as Nações, devido à ambição econômica. Principalmente em tempos de Covid 19.

NINGUÉM É MELHOR QUE NINGUÉM

A conhecimento das forças maiores, sobrenatural invisível, poder superior e lei dos irmãos.

Quando você olha uma pessoa de baixo para cima, diz-se que você deseja estar na casa ou loja dela, vendendo-se, para subir. 

Salvo quando você passa por um processo seletivo. Neste caso é meritocracia e desnecessário vender-se.

Mas quando você olha de cima para baixo alguém que está fora da sua casa ou loja, nem mesmo deseja vender-se em troca de algo, você está sendo um obsessor.

Diz a Bíblia: "Quem exaltar-se será humilhado;". 

Exaltar-se, do dicionário, nada tem a ver com brigar, ralhar, xingar ou discutir. Exaltar-se é elevar-se ou mostrar-se acima dos outros colocando-os abaixo de si ou da própria imagem, pela sua posse, grau de instrução ou condição social. Ou por qualquer motivo que fosse.

Portanto, olhemos as pessoas na altura dos olhos. Pois ninguém é melhor que ninguém.

No G.O.B. os irmãos costumam olhar-se na altura dos olhos. Sei disto porque batizei-me Lowton aos 12 anos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Aquárius e a mesa redonda



AQUÁRIUS E A MESA REDONDA

Muitos não confiam em quem fuma. Por estes e outros motivos estou no ar puro. Tentem acreditar no que digo.

"Água ou café?" - Perguntaram-me na sessão.

"Fomos levados em um copo d'água?" - Perguntou um irmão.

"Não, Irmão. Estamos salvos em um copo d'água".

Imagine se fosse cachaça ou maconha, o que seria do mundo?

No que depositas tuas alegrias? Tuas esperanças? Teu prazer e felicidade?

É possivel viver sem álcool e drogas. Mas, a vida na Terra inexistiria, sem água.

Imagine um aquário cheio de cerveja. Ou café. Quantos minutos aguentariam os peixes?

Estou longe da moral de quem nunca bebeu ou fumou para falar nestes assuntos. Embora creio que os vícios são do homem, entendo os pastores quando dizem que os vícios são do diabo.

Mesmo assim, não vejo pecado em beber ou fumar. Pois até o Papa bebe e fuma. Mas em cobiçar, roubar e mentir.

No mais, venho lutando pela água. Fonte de vida, como disse uma vez a campanha da fraternidade. Vida sim, drogas não.

Pois disse o Mestre: "Meu Pai tem várias moradas".

"Chegando no centro da cidade, sigam o homem que carrega um cântaro d'água. Na casa que ele entrar, lá estarei".

 

Tempos de economia

 



TEMPOS DE ECONOMIA

Óbvio que sei o que é almoçar um miojo. Óbvio que prefiro espeto corrido. Mas não posso reclamar se fumo, bebo ou uso drogas.  Este é um dos motivos que me fez largar os vícios. 

Em que se converte a grana da cerveja não bebida e maconha não fumada? Como diria Rita Lee: "Tudo vira bosta". Mas vamos além disto. O Pai abençoa!

Não é só a grana que está em jogo. Mas o tempo. E "time is money". Enquanto uns fumam ou bebem, outros estudam, produzem ou fazem atividades físicas. Cada um sabe o que faz do respectivo tempo e dinheiro.

Nesta contabilidade, uma grama de cocaína não cheirada vale três ou quatro almoços em  buffet. Uma noite no pub, um mês de academia. Beber até encher a cara, um sábado na praia (passagem ida e vinda). Olha que vale!

Na outra vez que parei de fumar três anos, fiz tanta coisa. Que nunca mais quero ver tabaco na vida. O que economizo em álcool e drogas é bem mais que tabaco. Imagina cortando cada vício e preenchendo o tempo com outras coisas! Quanto posso produzir? Quanta coisa posso fazer?

Que graça tem fazer fumaça? Quando corto a cerveja, por exemplo, minha disposição no esporte triplica.

Você pode me odiar por isto. Mas eu te perdoo. Você não tem culpa de ser feliz bebendo. Mas pense em que tem que fazer escolhas. 

Desde então, refaço as próprias.

Em memória ao meu avô "Dos Santos"


EM MEMÓRIA AO MEU AVÔ: "DOS SANTOS" 

Quando guri, minha mãe me ensinou a orar. Minha mãe é rezadeira. A mãe dela era benzedeira.  Minha bisavó trabalhou as religiões. 

No canto esquerdo desta foto há uma gruta com a imagem do Menino Jesus de Praga. Santo Protetor que protege a família há varias gerações. Nesta gruta minhas avós acendiam velas; O padre da igreja; As freiras; Minhas tias; E até vizinhos. 

Ouvi muita oração. Principalmente dos sete aos doze anos. Também fiz bastante orações desde guri.

Embora hoje, no apartamento em que resido, a única imagem de santo que guardo é a do Sagrado Coração de Jesus. Guardo na vivência o legado dos meus ancestrais. 

Minha mãe continua orando desde guria. Como minha avó. E a mãe de minha avó. Meus sobrinhos, irmãos e filho, são testemunhas. Alguns deles também são devotos do Menino Jesus de Praga e até mesmo do Sagrado Coração de Jesus.

Hoje que sou homem. Gosto das coisas de homem. Falo como homem. Penso como homem. Vi os oito netos de minha mãe crescer. 

A diferença é que hoje creio apenas no Mestre. Cuja a história singular está na Biblia. 

Minha mãe continua orando. Acredite, Deus quer. Nas orações dela, eu existo.

Nas minhas, eu sou o pecador.

Meu pai era devoto de Jorge. A mãe dele também. E os irmãos, meus tios. Sendo que um deles, nascido no dia do santo, foi batizado Jorge. 

Mas esta é outra história.

O que venho dizer é que a gente cresce. Guarda no peito, e na memória, o legado ancestral.

Escrevi este texto porque sonhei com os meus tios, já desencarnados. No sonho, os três irmãos de minha mãe eram meninos, antes mesmo de eu nascer. Junto a nós, o Nosso Senhor do Bom Fim. 

Que a paz esteja convosco.


 

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

O Feedback além dos Ruidos




Os meios de massa continuam manipulando a informação. Te mostram apenas o que lhes convém. A "Agenda Setting" dizia que a noticia pauta a mídia. Mas, na manipulação midiática, os meios pautam a notícia.

Nem tudo é o que parece ser. Bastante é interpretação. Há uma diferença entre o significante e o significado. O que chamamos "Semiótica".

Obsessores Vampiros

 



Há um ano, fui comprar um tênis na Paquetá. Um obsessor se ligou olhando de cima para baixo e perguntava: "Quem aceitou este guri?". Mas ninguém sabia do que se tratava. Quando vim pra casa, o obsessor foi desligado acima da loja, clientes, funcionários e gerente.

Semelhante ocorreu há cinco meses na rede de supermercados Dia. Gostaria de saber o que está acontecendo? Por que me perseguem? Por que se espelham a cima de onde ando? Nos restaurantes, na academia e no próprio prédio em que resido.

Um deles, sabendo que sou ex-fumante, passou dez meses jogando tabaco no chão enquanto eu tentava parar de fumar. Outra entidade aparecia juntando. Por que isto?

Algum médium ou religioso gostaria de me ajudar? Posso somar forças aos trabalhos do bem.

Ilumina-te e saberás onde ir



Desde que abrimos a Loja do Grande Oriente da América, as sessões ocorrem cinco dias na semana. Avançar e subir são movimentos simultâneos. 

Antes disto, as sessões eram distribuidas em dois dias. No G.O.B. nas terças. Nos Estados, na quinta. Ou vice versa. Enquanto a Rosa Cruz trabalhava as quartas. 

Mas a Rosa fazia a Alemanha assaltar os outros países, com cinco sessões semanais. Em cada país do primeiro mundo, as lojas que operam cinco dias na semana, foram inauguradas pelas famílias. 

Ancestrais que junto ao espírito familiar, estamparam o céu. 

...

Enquanto, no terceiro mundo, uns baixam para que os outros subam, no primeiro mundo, a oportunidade de crescimento deve ser proporcionada a cada um. Cumprindo o que estipulou o Contrato Social.

...

Nas lojas de Estado uns colocavam-se acima dos outros. Isto causava um atraso ao progresso. Nos países desenvolvidos, os irmãos conversam à altura dos olhos.

Quem parava de fumar cobrava dos quais iniciaram ou eram servidos pelos quais continuam. Uns despachavam a terra. Outros vendiam o tabaco para contratar a banda. Mas no primeiro mundo, cada um cresce pelo próprio esforço. Quem pagava a conta era o terceiro mundo.

No Estado Islã, assim como nos países de primeiro mundo, também somava-se ajuda e investimento a quem largou o àlcool, servidos pelos quais bebem. Assim como nas lojas de Narcóticos Anônimos. Em que os vícios tornam-se moedas de troca. 

A diferença é que nos países subdesenvolvidos uns cobram e/ou pagam aos outros. No primeiro mundo, uns servem os outros; mas quem paga é o terceiro.

Assim a Rainha da Inglaterra, que foi chupada pelo conde, mirava os estadunidenses, como seus filhos, de baixo para cima. Estes, miravam os ingleses na altura dos olhos. 

...

Os Positivistas já diziam. Fuma ou não fuma; Bebe ou não bebe. Aqui teu dia vale cada atividade que desempenha nele.

...

Irmãos, abram os olhos para ver o que Hórus já vê.

Votos em branco




Eu havia diagramado um tablóide de 12 páginas sobre a erradicação da Dengue. Com instruções de prevenção em quadrinbos.  Quando recebi o convite do Ativista que conheci quando me internei em uma Fazenda Terapêutica aos 19/20 anos, na virada do milênio. Chamada Projeto Vida e Saúde. 

Quando diagramei o jornal, e fui convidado ao pleito, eu estava vendendo guarda-chuvas na esquina Democrática. Embora estivesse sido escanteado do mundo acadêmico, ainda estava, na época, há cinco anos limpo da cocaína. O excesso de nãos recebidos nos processos de doutorado e nos postos de trabalho haviam me forçado a virar mascate ambulante. Também vendia antenas, pilhas e colas bonder, no Trensurb. Pen drives e mouses nas calçadas.

O Fundador e Presidente Nacional do Partido Ecológico na época, Elias Vidal, ex-vereador e Pastor Adventista, perguntou para mim: "O que você gostaria de fazer se fosse eleito?" - Respondi: "O que mais quero é continuar sendo Juliano Paz Dornelles" - Os outros pré-candidatos do PEN 51 riram na ocasião. Após aquela eleição, o PEN 51 acabou.

Eu disse para os vereadores acrescentarem uma cadeira na Câmara. Talvez esperem quatro anos, conforme disseram para mim: "Daqui a quatro anos a gente conversa". 

É verdade que pleitei para zoar. Na própria página que criei na época assumi que não tinha chance nenhuma. Estava participando, como estudo etnográfico, para fazer um projeto de pesquisa a um possível doutorado: "Eleições nas mídias sociais".

Há quatro anos, desde que votei em sigo, sigo da política. Para prefeito, votei em branco. Para governador, branco. Para deputado, branco. Para senador, branco. Para presidente, branco. Dia 15, como sempre, branco será o mais votado na soma das urnas nacionais.

No mais, encomendei o excedente, na encruza com farofa.

O Comunicador - Vol CCXLV


 

O Comunicador - Vol CCXLIV


 

quinta-feira, 5 de novembro de 2020

A alma




Eram espíritos desencarnados que venderam a alma em vida. Mas quando perguntei quem eram, silenciando o diabo, não sabiam dizer. Então notei que algo estava usando-os. Apropriando-se das respectivas identidades. Alguns ainda julgavam-se entidades diversas.

Sócrates disse há mais de dois mil anos: "O Homem é a própria alma; a alma, a própria consciência". Mas o que é o Homem, senão o Espírito Encarnado? O que restaria a quem vende a alma? Portanto agradeça o que o diabo te oferece. Pois o que adiantaria ganhar o mundo e perder a alma?

O diabo

 


O diabo te oferece bastante sem os outros, sem isto, ou sem aquilo. Te pede para usar o não perante os semelhantes. Ou ainda te manda colocar as coisas no c*. Te pede a alma em troca, mas te traiu quando te oferece o espírito desvincular-se da alma no desencarne. Pois isto ele mesmo costuma fazer frente a quem vende a alma. A alma é a consciência no espírito. A maioria das pessoas não sabem disto, pois confundem com o corpo físico.

Frente a tudo que o diabo te oferecer, prefira o dízimo em Deus Conosco. Ofereça tudo que tens ao Pai Nosso. Faça da tua casa, a casa do Senhor.